(21) 3326-4454

contato@saniplanengenharia.com.br

04/04/2017

Entenda a Reclassificação de Transformadores contaminados com PCB

Postado by: Saniplan Engenharia Ambiental

Serviços Saniplan
Entenda a Reclassificação de Transformadores contaminados com PCB

Desde 1992 a SANIPLAN presta serviços de eliminação de resíduos e equipamentos contendo Askarel e outros fluidos isolantes à base de Bifenilas Policloradas.

Com experiência comprovada e know-how exclusivo, a SANIPLAN oferece o serviço de reclassificação de transformadores e outros equipamentos elétricos não-selados isolados em óleo mineral, que apresentam teores de PCBs acima de 50 ppm.

De acordo com a Norma Técnica ABNT NBR 8371 os fluidos isolantes com teores acima de 50 ppm de PCBs são considerados contaminados.

Os serviços da SANIPLAN incluem:

  • Análise cromatográfica para quantificação de PCBs;

  • Emissão de laudo, diagnóstico e recomendações;

  • Reclassificação por processo não-destrutivo, conservando o equipamento em funcionamento e melhorando suas características elétricas;

  • Eliminação dos PCBs, através de processo licenciado pelos órgãos ambientais competentes.

 

Veja as principais perguntas e respostas sobre esse assunto: 

 

O que é “reclassificação”?

- É um procedimento que busca reduzir o teor de PCB residual em óleos isolantes de transformadores ou outros equipamentos elétricos não-selados. Quando o procedimento é bem-sucedido é possível alterar a classificação de um transformador, de "contaminado" para "não-contaminado". Daí o termo "reclassificação".

 

Qual o teor-limite de PCB para um transformador ser considerado "contaminado".

- O limite é de 50 mg/kg (ou 50 ppm - partes por milhão).

 

No que consiste a “reclassificação”?

- Consiste basicamente na substituição do óleo contaminado por uma nova carga de óleo novo, incluindo a lavagem da parte ativa do transformador com óleo novo.

 

Onde é feita a “reclassificação”?

- A substituição do óleo é feita no próprio local onde o transformador se encontra instalado. É um procedimento relativamente rápido que demora entre 6 e 24 horas, em média, dependendo do porte do transformador.

 

Em que casos a “reclassificação” pode ser aplicada?

- Em transformadores ou equipamentos elétricos não-selados, originalmente fabricados em óleo mineral isolante, que adquiriram contaminação por PCB, e que apresentam teores de até 500 mg/kg de PCB. Não se aplica a equipamentos com altos níveis de contaminação, e nem àqueles originalmente fabricados em Askarel.

 

Como o transformador fabricado em óleo mineral adquire contaminação por PCB?

- A contaminação pode ocorrer em operações de manutenção do transformador, quando são usados filtros, mangueiras, etc. já contaminadas com PCB. A contaminação também pode ocorrer na regeneração do óleo, quando não se tem controle analítico dos demais óleos que são misturados no processo.

 

O que é feito com o óleo contaminado que é extraído do transformador?

- O óleo contaminado com teores acima de 50 mg/kg de PCB necessita ser enviado para instalações licenciadas, para tratamento através de incineração ou descontaminação química.

 

Restou mais alguma dúvida? Entre em contato conosco que teremos satisfação em ajudar.